Por que eu devo ser sustentável?

Por que eu devo ser sustentável?

Segundo a  ONU (Organização das Nações Unidas), a previsão é que a temperatura do planeta suba 4 ºC até 2100. Esse aumento provocará a elevação do nível do mar em até 59 centímetros, o que trará inundações, ondas de calor mais frequentes e até ciclones violentos. Tantos desajustes nas condições climáticas podem provocar o desaparecimento de algumas ilhas e de superfícies férteis, usadas para o plantio de alimentos. Ao mesmo tempo, as previsões sobre a água disponível para o consumo humano e para a produção são preocupantes: estima-se que a demanda por água vai ultrapassar a oferta do recurso em 40% em 2030, principalmente nas grandes metrópoles. Todas essas mudanças obrigarão milhares de pessoas a abandonar suas casas e, num futuro não muito distante, pode ser que tenhamos mais refugiados do clima do que refugiados de guerras.

Em uma situação com campos férteis alagados, a produção de alimentos sai prejudicada. A redução do número de áreas disponíveis para o plantio impacta a oferta de alimentos no mercado agrícola e faz com que eles cheguem muito mais caros até nós. Por outro lado, com o nível de água dos rios cada vez mais baixo e os lençóis freáticos cada vez menos volumosos, a oferta de água para irrigação será reduzida drasticamente, e sem irrigação as atividades agrícolas não sobrevivem. Ainda, a redução da disponibilidade hídrica nos grandes centros urbanos não só muda completamente os hábitos de consumo nas casas, mas também pode parar atividades essenciais, como o funcionamento de hospitais, fábricas e do comércio em geral.

De acordo com os cientistas, o desmatamento de florestas e as emissões de dióxido de carbono (CO2) resultantes da queima de vegetação e combustíveis fósseis são as principais causas do aquecimento do planeta e da falta de água. As florestas são responsáveis diretas pela manutenção da umidade do planeta e, sem elas, o ciclo natural da água é afetado. Se os países não adotarem medidas para reduzir a poluição atmosférica e conservar as matas, a temperatura média da Terra pode aumentar em 6,4%. Não restam dúvidas de que a atividade do homem é a grande causadora de todas essas mudanças.

O que você pode fazer para ajudar?

A boa notícia é que uma mudança profunda de hábitos pode reverter o problema, ou pelo menos amenizá-lo no futuro.

Seguem algumas práticas que podem ser adotadas no dia a dia doméstico:

  • Reduzir o tempo dos banhos;
  • Reaproveitar a água que sai da máquina de lavar;
  • Captar a água da chuva para atividades como regar as plantas ou lavar o quintal;
  • Reciclar o lixo gerado por sua família;
  • Substituir as lâmpadas incandescentes por fluorescentes;
  • Não manter o carregador do celular na tomada e deixar o monitor em descanso de tela e os eletrodomésticos em stand by.

Essas são ótimas atitudes para ajudar o planeta, mas nós cidadãos não somos os únicos responsáveis por cuidar do mundo onde vivemos. Há atitudes de maior impacto que podem ser adotadas por empresas e estendidas à sua cadeia de clientes. Quando as empresas introduzem em seus processos a ideia da sustentabilidade como valor estratégico, as melhorias para o meio ambiente ganham escala e maior efetividade. Não há como proteger o meio ambiente se não diversificarmos e melhorarmos nossos hábitos de consumo. Para nossa própria sobrevivência, é nosso dever mudar nossos hábitos e levar uma vida mais sustentável. O planeta e as gerações futuras agradecem.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Paste your AdWords Remarketing code here

Deseja saber mais como aumentar suas vendas pela web?

Cadastrando seu e-mail iremos te enviar apenas conteúdos explicativos sobre marketing digital.